Caneta de detecção de tensão - 60 a 1000V - Q75271

Caneta de detecção de tensão - 60 a 1000V - Q75271


CÓDIGO > Q75271


Solicitar Orçamento

 

ÚNICA APROVADA NOS EUA PELA OSHA

AGORA ATÉ 1000 Volts (AC), CONSIDERADA BAIXA TENSÃO SEGUNDO A NOVA NR-10

A caneta de detecção de tensão fornecida pela QUALISSEG é fabricada nos EUA, certificada pela UL e utilizada pelos inspetores da OSHA (Occupational Safety and Health Administration) daquele país.

Projetada para ser utilizada na detecção de tensão (corrente alternada) em fios, chaves, fusíveis, em alguns casos, em disjuntores; no seu lado externo, sem contato com partes elétricas energizadas, mesmo sem haver corrente.

Detecta voltagens entre 60 a 1000 Volts (a versão antiga do dispositivo limitava-se a 600V), corrente alternada, podendo ser utilizada para confirmação de existência de tensão em liberações de serviço (permissões de trabalho) ou detecção de problemas no isolamento de cabos.


65271 65271 65271
Se a tomada elétrica está corretamente instalada, a ponta da caneta acenderá somente encostando-se próxima à fase. Movendo-se a caneta ao longo de um condutor interrompido, pode-se detectar em que ponto está localizada a interrupção da fiação. No caso de cabos retorcidos, a caneta pode se comportar acendendo e apagando a luz em sua ponta, mostrando que existe tensão.

 

Ao contatar um fio, chave ou fusível com tensão, a ponta acende. Pode haver acendimento indevido, em função de eletricidade estática (não representando um risco, sendo a favor da segurança). Tenha cuidado especial com cabos saturados com água ou cabos com proteções grossas, os quais impedem o sensor de ler a voltagem devido ao campo magnético insuficiente para leitura.

 

Use duas pilhas AAA alcalinas (incluídas)

65271

O uso deste dispositivo não exime o trabalhador de utilizar os EPI´s – Equipamentos de Proteção Individual obrigatórios para cada situação, nem ao menos a necessidade de Autorização (exigida por lei ou como padrão de cada empresa) para trabalho com risco elétrico.

 

Cuidado 1: Antes de proceder ao teste em local desenergizado, recomendamos testar em dispositivo energizado, garantindo que as pilhas estejam com carga. De preferência, testar antes no local de uso antes de desenergizar o sistema/equipamento.

 

Cuidado 2: Cabos tipo Romex ®, pouco utilizados no Brasil, em algumas situações podem fazer com que a caneta falhe, ou seja, não acenda mesmo havendo tensão.

 

ATENÇÃO: Este dispositivo cobre toda a faixa considerada de baixa tensão, corrente alternada, conforme a nova NR-10 - até 1000 VAC. Somente pessoal autorizado e habilitado conforme legislação vigente pode utilizar esta caneta.